Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Olimpíadas na pandemia: Entenda as medidas de segurança

Por: Redação.. 21 de Julho de 2021

Atletas de diversos países dos 5 continentes irão se reunir este ano no Japão para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

O campeonato, que carrega o título de maior evento esportivo do planeta, enfrenta em sua 32ª edição, um desafio ainda maior: A pandemia de Covid-19.

Leia também: Tóquio 2020. O maior desafio de 2021.

Devido à crise sanitária do Coronavírus, o cronograma das Olimpíadas que deveria acontecer no ano passado foi adiado - como outros eventos - e agora está confirmado para ocorrer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

A disputa pelas medalhas será entre 46 modalidades olímpicas, entre elas ginástica artística, atletismo, vôlei de praia, boxe, hipismo, esgrima, futebol, golfe, judô, ginástica rítmica, remo, skate, surfe, natação, tênis, polo aquático e triatlo. 

Os Jogos Olímpicos trazem em sua essência o estímulo pela competição sadia entre atletas de diferentes nacionalidades, além de despertar sobre a importância de praticar esportes e os benefícios da atividade física regular.

Como serão as Olimpíadas na pandemia?

No início deste mês de julho, a Capital japonesa, quel será sede da maioria dos jogos, declarou estado de emergência após o aumento repentino no número de casos de pessoas infectadas com a variante Delta do Covid-19. 

Com isso, o Comitê Organizador decidiu que os Jogos Olímpicos 2020 não terão espectadores nos eventos realizados em Tóquio e nas cidades de Chiba, Kanagawa, Saitama, Hokkaido e Fukushima.

As demais regiões onde acontecerão os Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos terão acesso limitado a 50% da capacidade. Das 43 instalações olímpicas, apenas cinco delas contarão com a presença de público. Não será permitida a entrada de torcedores estrangeiros, apenas residentes do Japão. 

Após a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI), os ingressos de pessoas de outros países foram devolvidos. A Paralimpíada que acontece também em Tóquio, deve ocorrer de 24 de agosto a 5 de setembro. 

Protocolos de segurança durante as Olimpíadas na pandemia

- Os jogos serão assistidos apenas por moradores do Japão.
- Será obrigatório o uso de máscaras de proteção facial.
- Será exigido um distanciamento mínimo entre os torcedores.
- Será proibido falar em voz alta ou gritar para diminuir o risco de transmissão de partículas do vírus pelo ar.
- Entradas e saídas das arenas serão escalonadas para evitar aglomeração.

Confira abaixo algumas medidas de segurança que serão adotadas para os atletas e membros das delegações:

- Uso de máscaras enquanto não estiveram nas disputas (regra irá variar entre as modalidades esportivas).
- Evitar contato desnecessários entre as pessoas de outras delegações.
- Evitar lugares fechados e com aglomerações.
- Distanciamento social entre os atletas.
- Usar apenas veículos olímpicos (transporte público apenas quando houver necessidade).
- Serão realizados testes antes do embarque e após o desembarque no Japão.
- Serão realizados testes regulares durante as Olimpíadas.

Os Jogos Olímpicos 2021 podem ser cancelados?

A depender de como esteja a situação do Japão em relação à pandemia com a proximidade da abertura do evento, as normas quanto aos espectadores podem mudar, restringindo ainda mais o número de participantes, ou flexibilizando a entrada nas arenas que estão previstas para não receber público.

Quanto a decisão sobre um possível cancelamento dos Jogos Olímpicos 2021 ainda não foi debatido, no entanto, pode-se dizer que pode vir a ser uma possibilidade. 

Normalmente uma Olimpíada pode ser cancelada apenas em situações muito excepcionais como uma guerra. Apenas o Comitê Olímpico Internacional (COI) pode cancelar o evento.

 

Tags: evento | pandemia | olimpiadas