Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Expo Retomada: Protocolos para retorno seguro dos eventos de negócios

Por: Redação.. 23 de Julho de 2021

Um marco de confiança para a indústria de eventos depois do advento da pandemia. Assim foi considerada a Expo Retomada, que novamente mostrou, na edição de 2021, a possibilidade da realização de eventos de negócios com a segurança necessária em tempos de Covid-19. 

Chancelada pelo Governo do Estado de São Paulo e o primeiro dos 30 eventos-teste agendados pelo Estado – o único no segmento B2B de Feiras de Negócios e Congressos, a Expo Retomada recebeu 1.264 visitantes únicos, não simultâneos, e 240 profissionais envolvidos na montagem, além de 50 expositores no Santos Convention Center, em Santos, todos testados antecipadamente para o Covid-19

Leia também: Vem aí a retomada.

Entre todos os testados, apenas 2 casos, um durante a montagem e um credenciado como visitante testaram positivo e não tiveram permissão de acessar a área do evento. 

Ambos foram duplamente testados para a confirmação do diagnóstico, receberam recomendações de saúde e foram orientados a se dirigirem a um hospital de referência.

Uso obrigatório de máscaras, planta baixa do evento desenhada para respeitar o distanciamento, tecnologia para aferição de temperatura a distância, acesso por QR code, catracas eletrônicas automáticas e dispensers de álcool gel espalhados em todo o evento fizeram parte dos protocolos adotados. 

Outro detalhe foi a definição da capacidade reduzida, ou seja, o número total de participantes se manteve bem abaixo da capacidade máxima permitida do Santos Convention Center, que é de 4.000 pessoas simultaneamente. 

Os cuidados e protocolos foram aplicados da montagem à desmontagem do evento. Houve também acompanhamento e fiscalização pela Secretaria de Saúde Estadual, Municipal, Vigilância Sanitária, entre outros órgãos, durante toda a Expo.

“Teremos de viver um período de flexibilização com consciência ainda por muito tempo. A Expo Retomada só aconteceu por meio de entidades que estão comprometidas sobre a prática e correta aplicação desses protocolos há tanto tempo quanto a pandemia nos atingiu e alguns profissionais foram se tornando especialistas nessa área. Os caminhos nos levam à possibilidade de realizar eventos que são mais seguros que ir a um supermercado, a um shopping center ou a uma loja de material de construção.”, avaliou o diretor da Live Marketing Consultoria e um dos idealizadores da Expo Retomada, Paulo Octávio Pereira de Almeida, o P.O..

O evento terá, ainda, um acompanhamento detalhado de todos os participantes por duas semanas, com o objetivo de gerar um relatório com informações técnicas para municiar o Governo do Estado e atestar a possibilidade de retomada segura dos eventos de negócios, desde que cumpram todos os protocolos praticados durante o evento. 

De maneira proativa, os organizadores irão contatar as 1.264 pessoas, e, por meio de autodeclaração, monitorar o estado de saúde relacionado à pandemia, além de testar novamente cerca de um terço dos participantes – os representantes dos expositores, com maior nível de exposição – até o próximo dia 26. 

Todos estes dados serão enviados à Secretaria Estadual de Saúde e ao Comitê de Saúde de São Paulo, aos cuidados da Secretária do Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, do presidente do Comitê de Contingência da Covid-19 do Estado de São Paulo, João Gabardo, e do secretário de Turismo, Vinícius Lummertz, que participaram da Expo Retomada.

Carta de Santos e conteúdo

Outro legado da Expo Retomada será a Carta de Santos, um manifesto em prol do setor de eventos com foco na geração de negócios, assinado pelos presidentes das cinco associações realizadoras do evento. 

“Aqui tivemos atualização de conhecimento, vivência de protocolos, o próximo passo é conversar com interlocutores nos três níveis de poder governamental e continuar a esclarecer o entendimento dos desafios atuais e futuros. Não queremos que o dia a dia do setor fique longe da legislação. Queremos a flexibilização consciente. Somos pró legalidade. Precisamos que entendam a magnitude e os desafios do setor, além de reverberar o que foi discutido.”, enfatizou P.O. Almeida.

Na parte de conteúdo, os dois dias da Expo trataram sobre os desafios e expectativas para as feiras de negócios e o setor de congressos pós-pandemia, diferenciais tecnológicos, eventos híbridos, cidades tecnológicas e gestão do setor de eventos, com a participação de representantes de empresas organizadoras de congressos, representantes da hospitalidade, promotoras de feiras, venues, empresas fornecedoras, lideranças da infraestrutura e das associações realizadoras e apoiadoras do evento. 

Participaram também autoridades, como a secretária Patrícia Ellen, o secretário Vinícius Lummertz, o prefeito de Santos, Rogério Santos, e o vereador Rodrigo Goulart, da Câmara Municipal de São Paulo e presidente da Comissão de Turismo, Eventos e Gastronomia da Câmara.

Tags: melhores-da-semana | Expo-Retomada | feiras-de-negocios | eventos-de-negocios