Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Indústria de eventos francesa espera retorno de atividades em maio

Por: Redação.. 8 de Abril de 2021

Na quarta-feira, 31 de março, o presidente da França falou sobre a crise da Covid 19. Emmanuel Macron abordou as novas medidas restritivas muito mais intensas para conter uma 3ª onda da epidemia.

Ao final de seu discurso, Macron mencionou um processo de reabertura gradual a partir de meados de maio.

Confira as últimas novidades sobre live marketing aqui.

Leia também: Final da Copa da Liga Inglesa receberá público.

“A partir de meados de maio vamos começar a abrir novamente, com regras estritas, certos locais de cultura. Vamos construir, entre meados de maio e o início do verão, um cronograma de reabertura gradual para cultura, esporte, lazer, eventos, cafés e restaurantes”, indicou.

Para a Unimev (Union Française des Métiers de l’Événement ), associação francesa do setor de eventos, a notícia foi tida como uma luz no fim do túnel para a reabertura do setor.

“O abandono da data de 15 de abril, referido por alguns membros do Governo, não foi uma surpresa diante da aceleração do contágio e das diferentes variantes do vírus que circulam no território. O horizonte de meados de maio, possibilitado pela intensificação da vacinação em massa, finalmente permite projetar-se e, portanto, ver a luz no fim do túnel”, disse a associação em comunicado.

Uma reabertura completa para o verão, ainda que por etapas, com medidores e sob estritas condições, permitirá reiniciar a máquina de eventos – já fortemente impactada e que tem sua sobrevivência econômica ainda em jogo.

“No entanto, este horizonte terá que ser mantido porque devemos acabar com as falsas esperanças. Precisamos poder dar visibilidade a todo o setor e aos clientes. As condições de operação devem, portanto, ser especificadas o mais rápido possível para que eles possam se comprometer financeiramente”, acrescenta.

A Unimev se colocou, mais uma vez, à disposição do Governo para construir o programa de reabertura do setor.

“Saudamos o anúncio do Presidente da República. Ele nós permite vislumbrar a luz que falta há mais de um ano. Embora a situação permaneça extremamente frágil, essa perspectiva de reabertura no verão é uma lufada de ar fresco”, finaliza Olivier Roux, Presidente da Unimev.

Foto: Divulgação.

Tags: franca | eventos